As vantagens do SaaS – Software as a Service

A tecnologia se reinventa o tempo todo, modifica a relação das pessoas com os serviços tradicionais, gera novas oportunidades e simplifica outras.

 

Hoje temos serviços sob demanda para ver filmes, pedir comida, animar uma festa com uma playlist, e até mesmo fazer a gestão do seu negócio.

Essas evoluções já fazem parte das rotinas das empresas, muitas delas já começaram a utilizar serviços na nuvem sem ao menos entender o conceito, basta ver quantos profissionais já utilizam a algum tempo soluções como o Google Drive para gerenciar e-mails, documentos e planilhas.

Essa transformação também está na maneira como as empresas se relacionam com os softwares de gestão. Não basta apenas procurar os melhores serviços, novas funcionalidades, manutenções mais rápidas e principalmente, preços mais baixos. A questão é encontrar a abordagem que se adéqua melhor à sua empresa, que atenda perfeitamente as nuances do seu negócio e que tenha preços competitivos.

Nesse cenário, surge a opção da modalidade SaaS – Software as a Service.

 

O que é?

“Software como serviço, do inglês Software as a service (SaaS), é uma forma de distribuição e comercialização de software. No modelo SaaS o fornecedor do software se responsabiliza por toda a estrutura necessária para a disponibilização do sistema (servidores, conectividade, cuidados com segurança da informação) e o cliente utiliza o software via internet, pagando um valor pelo serviço oferecido.

A tecnologia utilizada não determina o modelo. O software utilizado pode ser inteiramente pela internet (utilizado via navegador) ou pode ter alguma instalação local (como antivírus ou sistemas de backup). A característica principal é a não aquisição das licenças (mas sim pagar pelo uso como um “serviço”) e a responsabilidade do fornecedor pela disponibilização do sistema em produção.“
– Wikipedia

“No caso da Softbis, se um cliente contratar um projeto através da modalidade SaaS, ele não arcará integralmente com o custo de desenvolvimento e implantação do mesmo. Contratualmente, o cliente assume a mensalidade de uso do sistema, que é calculada de forma proporcional ao valor global do projeto e o custeio operacional, com a vantagem do sistema ser desenvolvido baseado na sua real necessidade.  Nos diferenciamos dos softwares de caixinha, em que o cliente tem que se adaptar a estrutura de um sistema engessado, e não o contrário” – Disse  Davidson Marques, diretor de desenvolvimento da Softbis TI.

 

Quais as principais vantagens?

1- Praticidade de acesso: Com dados armazenados na nuvem, os usuários podem acessar suas informações por meio de qualquer computador ou dispositivo móvel conectado à Internet, sem perder dados caso um computador ou dispositivo do usuário falhar.

2- Redução de custos com licenças: São mais acessíveis que as antigas licenças por versões do produto, além de permitirem um controle melhor em longo prazo, sem surpresas no planejamento financeiro.

3- Software sempre atualizado: O provedor do SaaS oferece atualizações automáticas e um eficiente gerenciamento de patches para manter o serviço em bom funcionamento.

4- Customização e integração: No caso da Softbis, o sistema é desenvolvido sob demanda para atender às reais necessidades (ou específicas) do seu negócio, além da possibilidade de integrar com variados sistemas ERP.

5- Foco no negócio: Ao optar pelo SaaS, você não precisa se preocupar tanto com a sua infraestrutura interna, manutenções periódicas e emergenciais, backups de seus dados e atualizações manuais do software. Você e toda sua equipe ganham mais tempo para focar no trabalho diário e conhecimento na evolução de seu próprio negócio.

6- Manutenção descomplicada: Problemas com atualizações, erros e infraestrutura são praticamente nulos ou de responsabilidade do fornecedor. Evitando as constantes ligações e suas irritantes filas de esperas.

7. Segurança de dados: Backups frequentes e garantia de integridade de seus dados hospedados deixam de ser uma preocupação e passam a ser mais uma parte do serviço oferecido, sem requerer nenhuma intervenção ou ação vinda de sua equipe.

 

[Leia também] Qual a diferença entre SaaS e PaaS?

 

Perspectivas atuais sobre SaaS

Essa quebra de paradigma vem fazendo com que o modelo de negócio em que as licenças eram vendidas uma única vez por versão, perca força. Até mesmo grandes companhias, produtoras de softwares empresariais já consolidadas no mercado, já estão se adaptando a essa nova realidade.

É um caminho sem volta, o SaaS já está sendo implementado não apenas no comércio, mas também por instituições financeiras, na busca constante por tecnologias que possam reduzir riscos e aumentar a rentabilidade das empresas. Uma pesquisa aplicada pela consultoria Ovum aponta que:

80% das instituições financeiras disseram que o SaaS permitirá às empresas desenvolver e lançar produtos rapidamente;
42% prometem investir maciçamente nas novas tecnologias de nuvem;
47% declararam que o novo software transformará os processos de financiamento ao longo de cinco anos;
20% alegaram que a entrada completa de SaaS vai acontecer, no máximo, em dois anos.

 

Como vimos, as empresas estão de olho nas novas tecnologias para melhorar suas operações, tornando-as mais rápidas e eficientes. O Software As a Service é uma tendência já consolidada e com grande possibilidade de expansão. Serviços inovadores como Spotfy e Netflix, ou companhias que estimulam a inovação como o Google e a Microsoft, já aderiram. Você vai ficar de fora?

 

 

Fontes: WikipediaMicrosoft Azure, Blog SimplyGaea Consulting, NovaXS, Ovum


Autor: Marcello Viana é publicitário, designer e marketing na Softbis TI

marketing@softbis.com.br